Livro “Qual é a tua obra?” Comentários desativados em Livro “Qual é a tua obra?”

Qual é a tua obra?Inquietações Propositivas sobre Gestão, Liderança e Ética

Mario Sérgio Cortella é filósofo, professor da PUC-SP e conferencista. É conhecido por seus livros “Não Espere Pelo Epitáfio”, que tem um título bastante sugestivo, e “Não Nascemos Prontos”. Ao contrário do que pode parecer, ele não se encaixa na definição clássica de “auto-ajuda”, mas foi a seção onde encontrei este seu livro, recém lançado.

O livro não é dirigido a nenhum público específico, se aplica a qualquer pessoa que queira refletir um pouco sobre os valores do mundo contemporâneo, os dilemas éticos da vida corporativa e as questões práticas que envolvem trabalho e realização pessoal/profissional.

O ponto de vista original do autor é baseado na filosofia, mas nada que surpreenda um leitor desavisado. Cortella não se perde em divagações filosóficas viajandísticas, usa a filosofia apenas como linha-guia para discorrer diversos textos sobre gestão, liderança e ética. Cada um destes temas tem sub-textos, cada um abordando um aspecto: administração do tempo, gestão da mudança, comportamento social, trabalho e vida pessoal, entre outros.

Sobre o tema trabalho e vida pessoal Cortella é enfático: não existe separação, ambos interagem e se complementam, ninguém pode se sentir completo separando “dois mundos”. Em meio ao seu texto, é possível encontrar citações à fábulas e interpretações de historietas que são comuns em treinamentos no mundo corporativo: ordenar o que é importante e o que é urgente, separar o que é essencial do que é fundamental, o lado bom de não saber, um grande passado pela frente e outros textos que circulam e vez por outra vem parar na nossa caixa postal, nem sempre atribuídos ao autor correto.

Sem oferecer soluções prontas e fórmulas do sucesso, Cortella costura um raciocínio inteligente, com jeitão de bom professor, daqueles com quem a gente gosta de almoçar junto e estender a aula sempre um pouquinho mais.

O resumo do livro é simples: “Qual é a tua obra?” é um livro para quem é ou está inquieto.